Soldados de Israel entram na disputa pela cabeça de Kim: Recompensa é de US$ 50 milhões




“Iremos punir sem piedade os que ofendem a dignidade de nossos líderes.”

“Alertamos Israel para que pense duas vezes sobre as difamações contra nosso líder. Israel desfruta do apoio dos EUA, mas se atacar a Coreia do Norte, será punida até a morte” declarou a Coreia em nota.

A frase foi um recado direto para Israel, que tem um dos exércitos mais bem treinados e temidos no mundo.

Leia a notícia completa