Lute, treine, jogue, dedique-se, persista… Como uma mulher!




A expressão “lutar como uma garota” nunca mais será usada em tom pejorativo, depois que Rafaela Silva conquistou o primeiro ouro brasileiro nas Olimpíadas – e o segundo da história do judô feminino. Derrotando Jandi Kim, a sul-coreana número dois do mundo, e Hedvig Karakas, a húngara que eliminou Rafaela nos Jogos de Londres, Rafaela […] …[+]

Leia o post original e completo em: Hypeness